R.Demétrio Ribeiro, 1094, Sala13 - Centro Histórico, Porto Alegre - RS, 90010-313
  • (51) 4042-3991

Último dia para entrega da declaração de capitais alocados no exterior

DATA: 05/04/2021

O prazo para entrega da Declaração Anual de Capitais Brasileiros no Exterior (CBE), ano ano-base 2020, termina nesta segunda-feira (5), às 18h.

O Banco Central (BC) recebe as declarações, todos os anos, de 15 de fevereiro a 5 de abril. A declaração é obrigatória para pessoas físicas ou jurídicas residentes, domiciliadas ou com sede no país, que detinham, no exterior, ativos de valor igual ou superior a US$ 1 milhão, em 31 de dezembro de 2020. 

Até 2020, o patrimônio a ser declarado era a partir de US$ 100 mil. Contudo, o limite foi alterado pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

O preenchimento da CBE Anual é realizado por meio do sistema eletrônico disponível na página do Banco Central na internet. Entre os capitais a serem declarados estão, por exemplo, bens, direitos, instrumentos financeiros, disponibilidades em moedas estrangeiras, depósitos, imóveis, participações em empresas, ações, títulos e créditos comerciais.

Segundo o BC, o CBE contribui para avaliar o grau de internacionalização da economia brasileira. Em 2019, os ativos de empresas e pessoas físicas brasileiras no exterior chegaram a US$ 529,221 bilhões.

Multas e penalidade

De acordo com o Banco Central, quem não fizer a declaração, atrasar a entrega ou prestar informações falsas ou incorretas fica sujeito a multa aplicada pela instituição financeira, que varia de R$ 2,5 mil a R$ 250 mil, podendo ser aumentada em 50% em alguns casos.

Para quem possui ativos externos a partir de R$ 100 milhões também deve declarar esse patrimônio a cada três meses, preenchendo a CBE Trimestral, referente a 31 de março, 30 de junho e 30 de setembro de cada ano-base.

No Manual do Declarante, é possível obter mais informações e auxílio sobre o preenchimento da declaração de CBE.

Compartilhar: